27mar

Vamos CriarAtividade?

Vamos CriarAtividade?

     “A prefeitura deveria dar mais apoio”; “Os vereadores não querem se posicionar, só ficam em cima do muro”; “Não recebo um aumento há um tempão”; “Minha família é complicada”… Você, certamente, já ouviu lamúrias como estas. Eu sempre ouço. O pior é que pessoas que reclamam, na maioria das vezes, não fazem nada para mudar as coisas. Votam nas mesmas pessoas, não acompanham o que os vereadores fazem, não fazem mais do que as obrigações do trabalho e ainda colocam Deus para trabalhar: “Se Deus quiser, as coisas vão melhorar”.

     Desde os primórdios, quando alguém faz alguma coisa realmente diferente, tudo ao redor modifica. A lâmpada elétrica, o celular, o Google, até mesmo o Açaí que todos preferem. A criatividade fez e continuará fazendo a diferença. Precisamos usar a nossa criatividade. Ela existe dentro de cada um de nós. Mas a medida que crescemos, somos podados. Você tem potencial criativo. Jamais diga que não é criativo, você pode não estar usando a sua criatividade. Mas pode escolher criar atividades que farão o seu potencial despertar. CriarAtividades Já!

     Reclamar que não tem apoio do governo, do chefe, dos colegas de trabalho, da familia, não te levará à lugar nenhum. Não estou tirando a responsabilidade que a prefeitura tem, nem dizendo que os vereadores não tem o seus papéis, muito menos que seu patrão não deva te dar um aumento. Eu penso que o apoio, o engajamento e o reconhecimento só aparecem quando alguém (pode ser você) toma alguma atitude, ou seja, começa CriarAtividade.

     Criatividade se desenvolve através de: repertórios, gestão inconsciente e estímulos a ação.

     Repertórios são todos os conteúdos dos arquivos de seu banco de dados mental. Para ser criativo é preciso ter muitos repertórios: ir ao cinema, ver tv, ler livros, jornais, revistas, gibis, acessar e vasculhar a internet, participar de festas, ouvir rádio, escutar música, fazer trabalho voluntario, participar de brincadeiras com crianças, com animais e consigo mesmo, namorar, praticar esportes, utilizar novas tecnologias, se alimentar e apreciar o sabor dos alimentos, sentir, escutar, sair da rotina…

     Gestão inconsciente (ou incubação) é o tempo que a sua mente precisa para processar os repertórios. Por isso, as melhores soluções de problemas aparecem quando você não está fazendo nada que tenha a ver com problema. Quem nunca teve aquela boa ideia na hora do banho, ou durante uma viagem em um ônibus silencioso. As sinapses (comunicação entre os neurônios) criativas não acontecem automaticamente, precisam de um período de incubação.

     Agora de nada adianta ter muitos repertórios, ter momentos de incubação das ideias se alguma ação não for estimulada. Exemplos de atitudes que ajudam a criatividade aflorar: escrever, desenhar, pintar, filmar, fotografar, digitar, publicar, bloggar, anotar, compartilhar, arquivar, ensinar… Criatividade é diferente de inovação. Mas se mudarmos a atitude para CriarAtividade, vira sinônimo.

     Ninguém, nem nada neste mundo pode fazer uma pessoa subir a escada do sucesso. O mundo é feito de escolhas. Ser criativo é escolher fazer alguma coisa de maneira diferente. Reclamar, resmungar, retrucar, xingar, todo mundo faz. Mas perceba que a eficácia dessas atitudes é muito baixa. Thomas Edison disse que criatividade é 1% de inspiração e 99% de transpiração. Vamos CriarAtividades já!

Veja também uma apresentação sobre criatividade baseada neste texto no slideshare.net Acompanhe no twitter

Leandro Branquinho é vendedor, publicitário, instrutor de vendas e está exercitando sua criatividade

Share this Story

About Leandro Branquinho

Top Palestrante de Vendas Autor do Rádio Vendas Colunista da Revista VendaMais Colaborador de Grandes Portais como Falando de Varejo e A Magia do Mundo dos Negócios Em 2016, viajou o país do Oiapoque ao Chuí em busca do Melhor Vendedor do Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved