Tag: loja

7ago
trabalho em equipe

Competição em Vendas


Aperte o botão de play para ouvir

É natural que em uma equipe de vendas tenha competição.
Vendedor, de uma maneira geral, gosta de competir.
Vendedor de uma maneira geral gosta de receber reconhecimento por ter atingido uma meta difícil.
A vida de um vendedor é uma competição constante.
À propósito, a melhor competição que existe é aquela em que o maior adversário é a gente mesmo.
Não tem nada mais gratificante do bater seus próprios recordes.
O problema da competição é quando as pessoas decidem que para um ganhar o outro tem que perder. Em uma equipe de vendas, este tipo de mentalidade, é extremamente tóxica.
Você que está lendo esta postagem, provavelmente já entrou em uma loja onde os vendedores brigaram para ver de quem era a vez de atender. Um exemplo prático de uma competição que só prejudica os envolvidos. Inclusive o cliente que não se sente à vontade para comprar neste tipo de estabelecimento.
Para alcançar alta performance em vendas é preciso estipular suas próprias metas e se  esforçar para ser o melhor vendedor que você pode ser.
Não tem nada de errado em querer ser o número 1.
O errado está em querer derrubar um colega de trabalho para que você possa subir.
Não é necessário apagar a luz do outro para que a nossa brilhe.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas
Você também pode acompanhar o Rádio Vendas no Youtube:

A vida de um vendedor é uma competição constante. A propósito, a melhor competição que existe é aquela em que o maior adversário é a gente mesmo. Não tem nada mais gratificante do bater seus próprios recordes. O problema da competição é quando as pessoas decidem que para um ganhar o outro tem que perder. Em uma equipe de vendas, este tipo de mentalidade, é extremamente tóxica. Ouça (ou leia) o texto completo em radiovendas.com.br Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas http://leandrobranquinho.com.br #vendas #vendedor #competição #frase #vender #euamovender #boravender #leandrobranquinho #palestrantedevendas #palestrante #rh #equipe #atendimento #empreender #empreendedorismo #empreendedor #equipe

Uma publicação compartilhada por Leandro Branquinho (@radiovendas) em

23maio

Sem oportunidades? Crie

Clique no botão de play localizado logo acima para ouvir o episódio de hoje,

Quando a oportunidade bate a sua porta, o que você faz?
Algumas pessoas deixam as portas com tantas trancas e cadeados que fica difícil abrir para as oportunidades.
É preciso estar preparado para as oportunidades, mas não adianta estar preparado se não houver coragem de abrir a porta.
Eu estava na cidade de Presidente Prudente quando vi uma loja que vende comida para Bebês.  Fui conversar com a vendedora para entender melhor que a loja fazia. Ela me contou que preparava papinhas e refeições para seus filhos. Um dia, uma amiga que não tinha tempo de preparar as refeições de seu filho pediu para que ela preparasse. Ela pediu ajuda de uma nutricionista e assim, começou uma produção de alimentos balanceados, papinhas e refeições prontas congeladas. Tudo para atender mamães que querem alimentar bem seus filhos mas não têm tempo para cozinha.
A oportunidade apareceu para esta vendedora.
Ela estava preparada, pois sabia o que era necessário ser feito.
Mas o mais importante, não esperou muito tempo para tirar a ideia da cabeça e executar.
A verdade é que as oportunidades não estão mais batendo na porta das pessoas.
As oportunidades gostam de quem já está com as portas abertas

Apresentação do programete: Leandro Branquinho Palestrante de Vendas
Dia em que foi ao ar 25-04-17
Veiculado em:
-Rádio Educativa 105,9FM – Três Corações – MG
-ACETC – Portal da Associação Comercial e Empresarial Três Corações – MG
-ACAITP – Portal da Associação Comercial de Três Pontas – MG
-ACELEM – Portal da Associação Comercial de Luis Eduardo Magalhães – BA
-Rádio Cidade – Campos Gerais – MG
-Rádio 98 FM – Ribas do Rio Pardo – MS
-Rádio 95 FM – Currais Novos – RN
-Rádio 730 – Momento Sindilojas – Goiás – GO
-Falando de Varejo

Voltar ao início

29mar

Empreender não é pra qualquer um

clique no player acima para ouvir o episódio de hoje.

Pergunta de uma ouvinte:

Branquinho estou pensando em fechar minha empresa. Qual dica você pode dar que não seja fazer propaganda? Estou tendo muito trabalho e estou perdida.

Se realmente estiver disposta a fechar, não perca seu tempo. Feche logo. Se está disposta a fazer alguma coisa… Saiba que não tem caminho fácil.
Não existe bala de prata que resolva tudo automaticamente Se os clientes estão vindo ou se os vendedores estão chegando até o cliente, precisa melhorar a conversão
Se os clientes não estão vindo, melhorar o produto e o serviço que você entrega e precisa melhorar a maneira de anunciar.
Se menos pessoas ficam sabendo de sua empresa, menos vendas você tem
Tem que fazer propaganda, sim.
Qual a lógica de não investir em publicidade se as vendas estão baixas?
Talvez você tenha testado propaganda por um período muito curto ou fez de maneira que não tenha atingido os resultados
Tem que anunciar, tem que colocar vendedor bom pra trabalhar, Pagar uma boa comissão, Treinar constantemente…
Não tem uma fórmula milagrosa. Para que você não feche a empresa é necessário por a inteligência pra funcionar e trabalhar muito. Sim, dá trabalho Se não desse, não se chamaria trabalho, se chamaria hobby.

Leandro Branquinho Palestrante

16mar

“Caixinha” para os funcinários

Clique no player acima.

Pergunta de uma ouvinte:
“Branquinho, faça campanha de incentivos, pago um bom salário, mas mesmo assim minhas funcionárias estão pedindo para eu colocar uma caixinha para gorjetas. O que você acha da ideia?”

-Eu gosto da ideia da caixinha. Mas tenho a impressão que metade dos brasileiros não gosta de dar gorjeta, 10% pro garçom ou uma gratificação. (claro que esta estatística é apenas um chute meu)
A caixinha, sim, pode passar uma ideia de deselegância para a turma que não gosta de dar gorjeta.
Em outros países, é algo muito comum.
Aqui no Brasil se você fizer a caixinha bonitinha e com uma mensagem criativa, não acredito que as pessoas vão se incomodar. Ouça só alguns exemplos
-Se você gostou do nosso atendimento, nos avalie no Facebook. Mas se quiser dar uma “caixinha” para a nossa equipe, a gente também aceita 😉
-Esta caixinha tem um motivo muito nobre. Trazer motivação para nossa equipe. Mentira. Todo mundo aqui já é motivado. Mas se quiser deixar umas moedinhas, vamos ficar ainda mais agradecidos
-Caixinha do sugestões $ Aceitamos elogios e críticas, mas sinta-se à vontade para depositar também algumas moedinhas

Vida de Palestrante

Nesta semana fiz uma transmissão ao vivo pelo Facebook da Magia do Mundo dos Negócios
Dê uma olhada.
Falei sobre os melhores livros de vendas que já li

6mar

Vendedor que toma iniciativa

Caminhando pela calçada, vi uma loja bonita e olhei para vitrine. Rapidamente, o vendedor veio até a porta e fez uma abordagem bem simpática. Ele me convidou para conhecer a loja de calçados em que ele trabalha.
Dentro da loja, os vendedores estavam todos sorridentes e me falaram que as vendas estavam boas. Eu tinha achado a vitrine bonita, mas não entrei porque queria comprar alguma coisa. Porém, dentro da loja, lembrei que precisava de umas meias novas e o vendedor prontamente me atendeu.
Se ele não tivesse me abordado na porta, não teria vendido as meias.
Se ele não tivesse me abordado na porta, eu teria ficado com as meias velhas por mais tempo.
O nome deste vendedor é Hezaquiel. A loja em que ele trabalha fica na cidade de São Luís de Montes Belos no estado de Goiás. Gente que tem iniciativa é o que o faz a diferença nas vendas. Se as vendas na sua empresa estão baixas, elas não vão aumentar sozinhas. Se você quer vender mais do que está vendendo, alguma coisa precisa ser feita. Que tal se inspirar no Hezaquiel. Tome mais iniciativa.

23fev

Super experiência de compra

Olá, como vai tudo joia?
Sou Leandro Branquinho do radiovendas.com.br.
Perto do Mercado Municipal de Montevideo, conheci uma loja de chocolates. A loja foi indicação do meu amigo Caio Camargo do blog Falando de Varejo. Se chama Volverás a mi. O ponto de venda se destaca em meio a algumas lojas populares e lojas para atender turistas.
Existe uma aura de glamour nesta loja.
Ao entrar, já dá pra perceber que não é uma loja qualquer. Existe todo um cuidado para proporcionar uma incrível experiência de compra. Alguns chocolates são apresentados em bonitas latinhas, outros são apresentados em embalagens elegantes, tem até chocolate sendo apresentado em caixinha de joia. Sim, os proprietários da loja, acreditam que os produtos que entregam são como se fossem joias comestíveis.
É claro que os chocolates são incríveis. Não são feitos com ingredientes baratos. Mas o que mais me chamou atenção foi o fato de valorizarem ainda mais os produtos que vendem com uma super experiência de compra. Quer ver o vídeo com alguns dos chocolates da loja? Clique no player abaixo:

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

3fev

A melhor padaria


Clique no player acima para conhecer uma padaria que dá um show.

Na cidade de Catalão em Goiás, foi visitar uma padaria que me foi muito bem recomendada. A Santo Pane
Vi um cartaz com a senha do Wi-Fi
No cartaz está escrito:
100 Melhores
Perguntei para uma atendente o que significava aquela senha e ela disse que a padaria foi classificada por duas publicações como uma das 100 melhores do Brasil
Que demais!
Excelente forma de mostrar uma conquista da empresa
Foi então que pedi para conversar com o gerente ou o proprietário.
Fui apresentado ao Pedro Paulo, um dos administradores da casa.
Com muito orgulho, contou a história da empresa, contou sobre os treinamentos constantes que fazem, falou sobre visitar padarias de renome para fazer benchmarking e, claro, ofereceu algo de comer.
Ele disse assim:
-Tenho certeza que você vai gostar de nosso pudim. Este é o único que não pesa na consciência.
-É mesmo, por que? – Perguntei.
-Olha como ele é pequeninho… Mas o sabor, aposto que você vai gostar.
Dei risada e, obviamente, experimentei o pudim que estava uma delícia.
Ao sair da padaria, cheguei a conclusão que ela está entre as melhores pelos bons produtos, pela criatividade e pela atenção dada aos clientes. E você como tem sido o melhor para o seu cliente?

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

pudim de doce de leite

O pudim que não pesa na consciência

17jan

Por que os clientes te telefonam ao invés de irem até a loja?

Você já parou para pensar o porquê um cliente te telefona para pedir um orçamento por email ao invés de ir até sua empresa?
São 3 possibilidades
1. Quer comparar com outra proposta que ele já decidiu comprar (decidiu comprar com outra pessoa mas precisa da cotação)
2. Não quer falar com você. Quer tomar a decisão sozinho e sem que você o pressione (Ainda não se decidiu se compra contigo e quer analisar melhor sozinho, pois ainda não confia totalmente em você)
3. Ele realmente tem interesse em comprar (está decidido a comprar contigo e quer apenas economizar tempo)
Ao ter a consciência de que o motivo pode ser um destes 3, o vendedor pode fazer questionamentos sobre o problema do cliente para facilitar ainda mais o processo de compra. Antes de fazer uma ligação telefônica, antes de visitar um cliente, antes mesmo de atender um telefone, pense em como você poderá iniciar uma conversa com a seguinte mentalidade: como eu posso ajudar meu cliente?
Evite deixar de ser quem você é quando está vendendo.
Você não está no palco, não precisa mudar a voz. Vender pelo telefone, deve ser algo natural, feito por seres humanos que estão ali pra ajudar seus clientes e não por robôs automatizados

Leandro Branquinho – Palestrante

No começo de 2016 comecei uma jornada de 364 vídeos de vendas. Dê uma olhada nos 4 primeiros logo abaixo

televendas

5jan

Ficou a sua cara! – Mentira


Jamais diga esta frase se ela não for absolutamente verdadeira.
Clique no player acima para ouvir.

Já aconteceu com você?
Você chegou em uma loja, experimentou uma roupa e o vendedor ou a vendedora respondeu de maneira automática:
-Ficou a sua cara!
No fundo, no fundo, você percebeu que o vendedor falou mentira. E se, por algum motivo, você tenha feito a compra mesmo assim, quando chega em casa, bate o arrependimento. A conclusão é que você nunca mais volta naquela loja.
O vendedor inteligente não diz que um produto ficou ótimo ou que é perfeito para o cliente só para receber a comissão.
O vendedor inteligente, quando percebe que um produto não ficou bom ou não vai atender a necessidade do cliente, diz algo mais ou menos assim:
-Vamos experimentar um outro?
ou então
-Tenho a impressão de que um outro modelo ou uma outra cor vai ficar melhor.
Vendedores inteligentes não dizem que um produto ficou perfeito só para ganharem a comissão. Vendedores inteligentes ajudam os clientes a tomarem as melhores decisões.

Leandro Branquinho – Especialista em Vendas

mentira

26dez

A importância de cuidar dos detalhes


Clique no player para ouvir

Você sabe porque os presentes são entregues em um embrulho com um papel bonito, laço e fita? Porque as pessoas adoram boas surpresas. Um presente para uma pessoa querida não tem o mesmo efeito se não vier em um bonito embrulho. Sabe o porquê? Porque as pessoas não sabem o que tem dentro do embrulho. Um pouco da mágica está em ser surpreendido com o interior do papel presente.
Eu fiz um compra em uma loja que se chama Cevada Premium. Comprei uma camiseta. Pra minha surpresa, veio em uma bonita caixa com laço e fita. A camiseta que comprei tinha dizeres relacionados a cerveja. Sabe como era a tag da camiseta? Uma bolacha porta-copos. Fui surpreendido pela caixa, pela fita e pelo porta copos.  Eu não sabia que estes itens estavam inclusos quando fiz o pedido. Por isto, minha experiência de compra foi ainda mais surpreendente. São os pequenos detalhes inesperados que fazem uma experiência de compra ser memorável. E você, o que tem feito para surpreender seus clientes?

Apresentação do programete: Leandro Branquinho Palestrante de Vendas
Dia em que foi ao ar 26-12-16
Veiculado em:

-Rádio Educativa 105,9FM
-ACETC –
-ACAITP –
-ACELEM –
-Rádio Cidade –
-Rádio 98 FM –
-Rádio 95 FM –
-Rádio 730 –
-Falando de Varejo

http://radiovendas.com.br
http://leandrobranquinho.com.br

presente-cevada-premium

12dez
varejo

3 dicas para treinar sua equipe


Clique no Player para ouvir

O momento mais empolgante do varejo está chegando.
Em poucos dias, as lojas começam a trabalhar até mais tarde.
Quem é inteligente, já preparou a decoração, já acertou acordos e parcerias com fornecedores, já cuidou da segurança e está treinando a equipe.
Se você tem a expectativa de vender mais no final de ano e ainda está com um certo receio ou uma certa ansiedade, saiba que a melhor arma para combater a ansiedade é preparação.
Vou te dar 3 dicas para preparar sua equipe.
1-Reuna sua equipe todos os dias pela manhã. Cada dia, um participante vai dar um mini treinamento sobre um dos produtos da loja. A pessoa do dia vai falar todas as vantagens de comprar aquele produto, no que ele é melhor que a concorrência etc
2-Pelo menos uma vez por semana, reúna todos da equipe para tratar de levantamento de necessidades. Uma das etapas mais importantes da venda. Em conjunto, a equipe deverá fazer uma lista de perguntas que podem ser feitas para os clientes.
Por exemplo:
-É pra você ou é pra presente?
-Qual cor você prefere?
-Você acredita que a pessoa que vai ganhar o presente prefere um modelo mais justo ou mais folgado?
Quando tiver pelo menos umas 20 perguntas, coloque todos para treinarem simulações de vendas
E a dica número 3 é a caixa de objeções.
Peça para que todos os vendedores escrevam em um papel quais são as objeções mais comuns. O que os clientes falam sobre o preço, sobre o produto. Depois peça para que cada hora um vendedor escolha uma objeção da lista e diga como ele responderia
3 formas de começar um treinamento intensivo para as vendas de Natal. Comece já

Leandro Branquinho Palestrante de Vendas

varejo

19out

Quando o cliente é um mala

Clique no player acima para ouvir

Totalmente deselegante!
Estava eu fazendo umas compras em um empório de produtos de Minas Gerais. A loja fica em um aeroporto.

Uma senhora entrou e disse para a vendedora que iria fotografar os queijos.

A vendedora com educação respondeu:
-Tudo bem, fique à vontade…

E a senhora respondeu em um tom de voz mais alto:
-Vou tirar fotos para procurar depois no mercado central

-Se precisar de ajuda, posso abrir o freezer pra senhora fotografar os outros. – A vendedora ainda se mostrou prestativa.

-Quero, sim! No mercado deve ser mais barato – A deselegante senhora insistia em falar alto.

Depois de um tempo ela foi embora e eu fiquei sentado aguardando o meu vôo.
Passaram-se uns 10 minutos e advinha o que aconteceu?

A senhora voltou para comprar o queijo!

Yeeeeeee (comemorei em silêncio) –
Quando ela foi embora, fui até a loja perguntar o nome e dar os parabens para a paciente e simpática vendedora. Se chama Amanda.
E com a Amanda, eu aprendi que em algumas vezes, basta a gente ter paciência que o cliente compra.

Também contei esta história em meu Facebook:

Vendedor perdendo a paciência

Vendedor perdendo a paciência

Programa apresentado por Leandro Branquinho Palestrante de Vendas
Data de veiculação 19-10-16

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved