Tag: garçom

22fev

Fui conhecer um sanduíche uruguaio e conheci um grande vendedor

 

Na cidade de Montevideo, no Uruguai, fui conhecer o Chivito. Um sanduíche, que se parece com um X-tudo do Brasil. Só que ao invés de hambúrguer, vem com pedaços de carne, azeitona e acompanha batata frita.
No bar que eu fui, Agustin foi o garçom que me serviu.
Foi bastante atencioso, fez perguntas sobre o Brasil, pedia licença ao retirar os pratos da mesa…
Eu percebi que ele conversa com todos os outros clientes e que estes clientes gostavam de conversar com ele.
Antes de ir embora, perguntei pra ele qual dica poderia dar para um garçom iniciante.
Ele disse que tem que ser ágil, ter simpatia, mas o mais importante é estar atento. Assim que o cliente pensar e pedir alguma coisa, é seu dever estar de prontidão para atendê-lo.

Olha, esta dica do Agustin, não me parece ser uma dica só para iniciantes. Praticamente em todas as áreas, encontramos profissionais que não tem prontidão, que não são simpáticos e que muito menos estão atentos ao que o cliente quer.
Fui conhecer um sanduiche uruguaio e conheci um excelente garçom, ou melhor, um excelente vendedor.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

16out

Empreendedorismo, melhores e piores fotos 4

Mais uma seleção bacanuda de fotos inspiradoras (e outras nem tanto)
1 -Professor em casa? Tá bom o preço? rs

 

2-Nova seção da livraria: O livros mais roubados

 

3-Manequim em tempos de funk

 

4-Telemarketing modo gambiarra

 

5-Quer que seus filhos dancem como Justin Timberlake e não como a Miley Cyrus? Faça a matrícula hoje

 

6-Vendedor de lenha guerreiro

 

7-Trabalho com segurança. Você NÃO está fazendo isto certo.

 

8-Ah… Os clientes.

 

9-Clientes americanos x clientes japoneses

 

10- Seu marido ligou e disse que você pode comprar o que você quiser.

 

11- Atenção. Todas as nossas lojas estarão fechadas no dia 18 de setembro por causa que todos os nossos clientes estarão em casa jogando GTA V (E os nossos funcionários também…)

 

12- Garçom do futuro?

 

13- Arrumando camisetas like a boss

 

14- No ponto turístico, este senhor faz fotos e imprime na hora.

 

15-Se achou gostoso o que você acabou de lamber na tampinha, espere até comer o restante.

 

Gostou da seleção?
Veja também:
Empreendedorismo, melhores e piores fotos 3
Empreendedorismo, melhores e piores fotos 2
Empreendedorismo, melhores e piores fotos 1 

27mar

Coloque mais COR no seu atendimento

Coloque mais C.O.R. no seu atendimento

Não é difícil encontrarmos empresas em que o clima de atendimento não é bom. Tenho certeza que você já presenciou a cena a seguir. Assim que entra na loja, um vendedor te aborda, sem nenhuma expressão no rosto e, de maneira decorada e robótica, te pergunta:

-“Posso te ajudar?”

-“Não obrigado, estou só dando uma olhadinha.” Você responde por instinto.

-“Fique à vontade”

Pronto. O vendedor te abandona e vai para junto dos outros vendedores que estão enfileirados. Todos com a mesma expressão de indiferença, apatia, desânimo… Este tipo de loja, por melhor que sejam os produtos, tem um clima Preto e Branco. A impressão que dá é que nenhum dos profissinais (se é que podemos chamar assim) está feliz em trabalhar naquela empresa.

Muitas vezes a culpa é do dono. Trata mal os funcionários, não oferece reconhecimento, paga salário abaixo da média e nem sequer oferece treinamento. Só que o cliente não quer saber de quem é a culpa. Ele quer ser bem atendido. E se o patrão não reconhece, saiba que os clientes falam bem de profissionais que prestam um bom atendimento e chegam até a indicar os vendedores para o concorrente.

Caro amigo profissional de atendimento, se o patrão não te reconhece, faça pelos seus clientes. Eles abrirão portas para você. Acabe com o atendimento Preto e Branco e coloque mais C.O.R. no seu atendimento.

Cada letra da palavra C.O.R. tem um significado:

C – Conheça os produtos e serviços da empresa. Saiba com detalhes, o que você está vendendo. Conheça os procedimentos e normas da empresa. Conheça seus concorrentes e principalmente, conheça os seus clientes. Saiba quais são suas preferências, seus gostos e maneira como gostam de ser atendidos.

O – Ouça seus clientes. Procure ouvir com atenção o que eles dizem. Muitas vezes as pessoas falam mais com o corpo e com suas expressões faciais do que com as palavras. Preste atenção no que estas expressões dizem e tenha empatia. Ter empatia é saber se colocar no lugar do cliente.

R – Resolva. Tenha capacidade de resolver os problemas, de resolver o que o cliente está te pedindo. Se você não tiver capacidade, tenha pelo menos vontade e disposição de resolver aquilo que ele te pede.

Uma vez, fomos comemorar o aniversário de meu tio em um tradicional barzinho na cidade. Estávamos eu, minha esposa, meu irmão e a noiva, minha prima com o noivo, o aniversariante, meu tio e sua esposa, minha tia. Tudo ia bem, até que um cliente que foi comprar um refrigerante de dois litros no balcão deixou uma criança derrubar a garrafa. Quando bateu no chão, abriu uma fenda e um jato em alta pressão espirrou nas minhas costas, na roupa de meu tio e no cabelo de minha tia, que tinha acabado de chegar do salão de beleza. Tudo seria muito engraçado e hoje todos estaríamos dando risada da história. Mas acontece que o garçom não ofereceu ajuda e foi para detrás do balcão rir de todos nós.

Ninguém lembra se a cerveja estava gelada, se o petisco estava gostoso, nem que música estava tocando. Nós só lembramos das risadas do garçom. Claro que não é necessário te falar que nunca mais voltaremos àquele lugar. Por que lá o clima é Preto e Branco.

Veja uma apresentação em que este texto foi inspirado em www.slideshare.net/radiovendas

Leandro Branquinho – vendedor, publicitário e instrutor de atendimento e vendas

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved