Tag: Fail

7jan

Gifs animados para empreendedores 01

Uma coletânea bem humorada de gifs animados e as relações com o mundo dos negócios.

Motivação?
“Se você não gosta do final de semana, tem um problema em seu casamento.
Se você não gosta da segunda-feira, tem um problema em sua empresa” Nizan Guanaes

Ano Novo
2013, vamos botar pra quebrar!

 

 Bailarina
 
Como diz meu amigo Claudio Diogo : “Quem gosta de giro é bailarina” –
Vendedor tem que aprender que o lucro é mais importante que o giro de produto.

Trabalho sem diversão
“Trabalho sem diversão, faz de Jack um bobão”

A famosa frase de Jack Nicholson no filme O Iluminado, não é um pensamento somente de psicopatas.
As pessoas querem trabalhar e se sentirem realizadas.

Confraternização de fim de ano
Em uma confraternização de fim de ano, tem sempre alguém que faz o queixo de todo mundo cair.

Dança das cadeiras
Confraternização de final de ano – momento quando algumas pessoas revelam se realmente gostam de trabalhar em equipe.


Vendas na feira livre

“Quem não tem cachorro caça com gato”
Quem tem cachorro, coloca ele pra vender na feira.

No atendimento, a gente vê cada coisa
Por estas e outras que, quem trabalha com atendimento, deve ser ágil

Shopping em final de ano

Em alguns lugares, não existe clima de Natal , apesar do movimento e da decoração. Chefes ruins e funcionários pangarés estragam qualquer ideia de Natal.

Para ver outros gifs animados de negócios, de vendas e do mundo do empreendedorismo, vá no Tumblr do Leandro Branquinho

 

3dez

A pior forma de vender um carro

Se você tiver uma filha bonita (ou gostosinha),
você a colocaria para fazer poses sensuais
com o propósito de vender seu carro?

Pois é, foi o que fez o americano Kim Ridley.
Ele fez uma série de fotos de sua filha Lexxa Ridley (20 anos)
para promover a venda de seu carro usado no E-bay

E quer saber? Deu certo.
O carro foi vendido por cerca de 15 mil reais (US$ 7,5 mil)

E o pior, ele já usou a filha para vender uma moto e uma camionete.

Eu acredito que não é necessário “apelar” para vender.

E mesmo que o tiozinho tenha conseguido vender, será que o custo desta venda valeu?




Vi primeiro no sweetlicious.net

16jan

Eu acredito em Papai Noel

Eu acredito no coelhinho da Páscoa…

Acreditar que os clientes sempre retornarão seus e-mails e telefonemas é o mesmo que acreditar que o Papai Noel existe.

É papel do vendedor buscar os clientes, dar retorno, ir atrás.

“Uma venda que adormece, não amanhece”

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved