13set

Denúncia! Empresas que fazem tráfico de droga!

Para fazer o download do podcast, clique em Empresas sérias que fazem tráfico de droga.

Transcrição do áudio:

A melhor maneira de ter boa equipe é se livrar das pessoas ruins.

Simples, né?

Não, por incrível que pareça, não é fácil eliminar os pangarés da empresa.

Nós latino-americanos somos muito emocionais.
Nós ficamos com dó de demitir uma pessoa que tem rendimento baixo.
Por um lado isto é bom!
Mostra que somos um povo que acredita que as pessoas podem melhorar.
Mas por um outro lado,
não demitir uma pessoa com baixo rendimento irá fazer com que ela se acomode.
Afinal, se ela não consegue melhorar e continua recebendo o seu salário,
por que ela deveria se esforçar mais?

Demitir uma pessoa, sempre é traumático.
Ou para pessoa que será demitida ou para quem tem que encontrar as palavras certas
para fazer da demissão um processo mais humano.

Mas, mesmo sabendo que tem que fazer uma demissão, alguns chefes ficam com pena de demitir e mudam a pessoa de função.
Raúl Candeloro fala o seguinte:
Tem chefe que ao descobrir que um funcionário é uma droga na área de vendas.
Transfere ele para a área de cobrança, por lá o funcionário continua com o rendimento ruim, então o chefe leva este funcionário para a área de entregas e, de novo, o funcionário continua não fazendo um bom trabalho.

Este chefe, que muda um funcionário ruim de um lugar para o outro, não está fazendo
administração de recursos humanos, está fazendo tráfico de droga.

Leandro Branquinho para o Radiovendas.com.br

Áudio originalmente veiculado no dia 13-09-12 nas seguintes emissoras:
Rádio Educativa – 105,9 FM – Três Corações – MG
Rádio Cidade – 87,9 FM – Campos Gerais – MG
Rádio Unifei – 1570 AM – Itajubá – MG

 

Share this Story

About Leandro Branquinho

Top Palestrante de Vendas Autor do Rádio Vendas Colunista da Revista VendaMais Colaborador de Grandes Portais como Falando de Varejo e A Magia do Mundo dos Negócios Em 2016, viajou o país do Oiapoque ao Chuí em busca do Melhor Vendedor do Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved