Author: Leandro Branquinho

Top Palestrante de Vendas Autor do Rádio Vendas Colunista da Revista VendaMais Colaborador de Grandes Portais como Falando de Varejo e A Magia do Mundo dos Negócios Em 2016, viajou o país do Oiapoque ao Chuí em busca do Melhor Vendedor do Brasil
27mar

Retroceder, talvez. Render-se, jamais

Retroceder, talvez. Render-se jamais

     Quero começar este artigo e dar um “obrigado” especial a todos os compradores e clientes potenciais que algum dia me disseram “NÃO”.

     Também sou muito grato à todos que me disseram “Sim”. Mas acontece que somos o que somos graças as nossas adversidades e não as facilidades que nos foram oferecidas. Cada NÃO que recebi e cada recusa em projeto, venda, serviço e emprego foram doídos em princípio. Mas se fosse tudo SIM, SIM, SIM, seria muito sem graça. 
    
     Será que gosto de sofrer? Claro que não. Sou latino americano, brasileiro, mineiro, minha família veio da roça. Não desisto nunca!

     Com os NÃOs, aprendi a ter humildade. Com os NÃOs, aprendi que preciso aperfeiçoar. Aprendi que nem sempre um NÃO é NÃO. Aprendi que o NÃO definitivo não existe.

     A persistência é irmã gêmea da paciência. É importantíssimo ter persistência para ter sucesso. É imprescindível ter paciência para ser persistente. Mas cuidado com a prima chata da persistência, a insistência. Quem nunca perdeu a paciência com um operador de telemarketing insistente? Ninguém gosta de gente que insiste em te convencer daquilo que você não quer. Aprendi que insistir é fundamental, mas aprendi que insistir demais é ser chato.

     Pense bem, o que é ter sucesso? A melhor definição que encontrei é: “Sucesso é alcançar aquilo que você quer ser, fazer e ter”. Para ter sucesso você precisa persistir, afinal de contas, não é tão fácil conseguir tudo que queremos ser, fazer e ter. Muita gente desiste aos menores obstáculos. Só que muita gente também deixa de aproveitar oportunidades porque segue cegamente seus objetivos. Nós também precisamos ter jogo de cintura para nos adaptarmos ao meio em que vivemos. João Alberto Catalão, um autor português, uma vez falou: “Diante de um precipício, seguir em frente é dar um passo atrás”. Algumas pessoas são tão bitoladas em ter sucesso que não enchergam as adversidades e perigos. Em algumas situações a felicidade fica de lado.

     Pense bem, o que é ter felicidade? Muita gente confunde felicidade com sucesso. A melhor definição que encontrei é: “Felicidade é amar aquilo que você é, faz e tem”. Felicidade então é escolha. Você escolhe ser feliz, simplesmente amando tudo aquilo que te pertence.

     O sucesso pode ser casado com a felicidade. Eles podem andar juntos, mas tem gente que escolhe assassinar o sucesso só para ter felicidade. Pior ainda é quem escolhe matar a felicidade só para ter sucesso. É possível… Talvez você conheça alguém assim. Gente que abre mão da felicidade para ter sucesso. Mas espera lá; Felicidade não é simplesmente gostar do que você é, faz ou tem? Parece simples, mas quando o sucesso vem na frente da felicidade, fica complicado.

     A cada NÃO que você receber e a cada obstáculo que você encontrar, você pode seguir em frente e tentar esquecer. Ou você pode dar um passo atrás, agradecer pela oportunidade e pelo aprendizado e, desta forma, construir a sua felicidade junto com o seu sucesso.

(Este texto foi inspirado em uma edição do Rádio Vendas, uma coluna que vai ao ar de segunda à sexta pela Rádio Educativa 105,9FM de Três Corações-MG. Pode ser conferida também em: http://leandrobranquinho.podomatic.com )

Leandro Branquinho – publicitário, vendedor, instrutor de vendas e feliz com tudo que é, faz e tem

27mar

Comece bem o seu 2010 (Ainda dá tempo)

     Olá você que está lendo o seu site favorito. Eu sou Leandro Branquinho e estou aqui nesta página para falar contigo que está interessado em ter uma carreira mais produtiva, mais promissora e mais feliz. Sim, é possível ter tudo isso. Mas é preciso planejar.

     Tudo bem, você já fez suas promessas na virada do ano. Mas será que você já começou a por em prática o que planejou (ou melhor, o que só pensou em fazer)? Uma pesquisa feita por estudiosos britânicos identificou que, somente 12% das pessoas que fazem resoluções de ano novo conseguem alcançar seus objetivos. Você pode escolher estar entre a minoria que consegue e a maioria que empurra seus planos para o segundo plano.

     Ter determinação para alcançar seus objetivos não é fácil. O ser humano é, mais do que tudo, imediatista. Mas como falei, é uma questão de escolha. A seguir 10 dicas para alcançar suas metas:

     1-Escreva suas metas – Para que você tenha sucesso é muito importante que você coloque para fora o que você quer. Escreva o que você quer fazer, ser ou ter. Pode ser em uma agenda, no seu computador, celular, ou naqueles bloquinhos amarelinhos que tem uma cola atrás de cada folha (gosto mais deste).

     2-Veja suas metas – Não basta só escrever. Você precisa ver todos os dias aquilo que você escreveu. Quando você vê, você está sendo lembrado daquilo que você determinou. Pode acreditar, muita gente não alcança suas metas porque esquece delas. Coloque no espelho do banheiro, na porta do guarda-roupas, na sua carteira…

     3-Marque um prazo limite – Um planejamento bem feito precisa ter um cronograma. “O que você vai fazer” para conseguir e “quando vai fazer” também precisa estar escrito. Por exemplo: Se quer comprar um presente pra você. Você precisa do dinheiro, se juntar tantos reais por mês, quando você conseguirá comprar este presente? Marque a data e deixe junto com suas metas escritas.

     4-Acredite que você consegue – Se você não acreditar que pode, milagre nenhum acontecerá. Tenha ousadia para pensar grande, mas tenha sanidade de estipular metas alcançáveis. Não tenha como meta visitar o espaço sideral no mês que vem. Isso não vai acontecer. É possível que você vá até o espaço, mas você precisará de muito dinheiro e muito treinamento. Não será em apenas um mês.

     5-Imagine os benefícios – Visualize o que acontecerá quando atingir seus objetivos. Muita gente despreza o poder da visualização por achar uma coisa muito exotérica ou pouco palpável. Mas visualizar os benefícios de suas metas te dá mais força para seguir em frente.
Atenção: Não confunda esta dica com o livro “O Segredo”. Não acredito que ficar imaginando cheques de 1000 dólares farão os cheques aparecerem em minha caixa de correio. Imaginação sem ação não é nada.

     6-Divida com alguém – Não conte para todo mundo, mas conte para alguém em que você tenha confiança. Peça ajuda para que esta pessoa te cobre e te incentive

     7-Dê o primeiro passo – É importante que você comece hoje a colocar em prática o que está planejando. “Amanhã” é um dia que nunca chega. Nós sempre estamos no “hoje”. Não fique somente no primeiro passo, vá em frente; um passo atrás do outro.

     8-Tenha jogo de cintura – Uma forma de fracassar é desistir quando alguma coisa dá errado. Se o seu planejamento não estiver dando certo, tenha humildade de refazê-lo.

     9-Seja determinado(a) – Não refaça o seu planejamento quando qualquer detalhe não sair do jeito que você quer. Lembre dos benefícios que você terá, lembre que fracassado não é quem erra e sim quem desiste cedo demais.

     10-Comemore – Assim que alcançar sua meta, comemore de alguma forma. Aliás, não espere alcançar a meta, comemore a cada etapa ultrapassada. Quando você comemora, a sensação de prazer que você terá, vai te estimular a querer novas metas, novos desafios e mais felicidade.

     Minha intenção em escrever é dividir contigo o que aprendi, o que acredito e a forma que penso. Não tenho a pretensão de ser um “guru”. Até porque, não tenho todas as respostas. Aliás, você conhece alguém que tenha algumas? Vai ser um prazer poder ouvir suas ideias, algum autor que você gosta, seus comentários e críticas. Mande um e-mail para radiovendas@gmail.com . Dê um follow no meu Twitter em @radiovendas , escute no podOmatic ou em www.radioeducativa.com.br de segunda à sexta ou simplesmente acompanhe aqui pelo site.

Grande abraço pra você e um Grande 2010

Leandro Branquinho
Obs.: Assista a apresentação inspirada neste texto no slideshare

27mar

Vamos CriarAtividade?

Vamos CriarAtividade?

     “A prefeitura deveria dar mais apoio”; “Os vereadores não querem se posicionar, só ficam em cima do muro”; “Não recebo um aumento há um tempão”; “Minha família é complicada”… Você, certamente, já ouviu lamúrias como estas. Eu sempre ouço. O pior é que pessoas que reclamam, na maioria das vezes, não fazem nada para mudar as coisas. Votam nas mesmas pessoas, não acompanham o que os vereadores fazem, não fazem mais do que as obrigações do trabalho e ainda colocam Deus para trabalhar: “Se Deus quiser, as coisas vão melhorar”.

     Desde os primórdios, quando alguém faz alguma coisa realmente diferente, tudo ao redor modifica. A lâmpada elétrica, o celular, o Google, até mesmo o Açaí que todos preferem. A criatividade fez e continuará fazendo a diferença. Precisamos usar a nossa criatividade. Ela existe dentro de cada um de nós. Mas a medida que crescemos, somos podados. Você tem potencial criativo. Jamais diga que não é criativo, você pode não estar usando a sua criatividade. Mas pode escolher criar atividades que farão o seu potencial despertar. CriarAtividades Já!

     Reclamar que não tem apoio do governo, do chefe, dos colegas de trabalho, da familia, não te levará à lugar nenhum. Não estou tirando a responsabilidade que a prefeitura tem, nem dizendo que os vereadores não tem o seus papéis, muito menos que seu patrão não deva te dar um aumento. Eu penso que o apoio, o engajamento e o reconhecimento só aparecem quando alguém (pode ser você) toma alguma atitude, ou seja, começa CriarAtividade.

     Criatividade se desenvolve através de: repertórios, gestão inconsciente e estímulos a ação.

     Repertórios são todos os conteúdos dos arquivos de seu banco de dados mental. Para ser criativo é preciso ter muitos repertórios: ir ao cinema, ver tv, ler livros, jornais, revistas, gibis, acessar e vasculhar a internet, participar de festas, ouvir rádio, escutar música, fazer trabalho voluntario, participar de brincadeiras com crianças, com animais e consigo mesmo, namorar, praticar esportes, utilizar novas tecnologias, se alimentar e apreciar o sabor dos alimentos, sentir, escutar, sair da rotina…

     Gestão inconsciente (ou incubação) é o tempo que a sua mente precisa para processar os repertórios. Por isso, as melhores soluções de problemas aparecem quando você não está fazendo nada que tenha a ver com problema. Quem nunca teve aquela boa ideia na hora do banho, ou durante uma viagem em um ônibus silencioso. As sinapses (comunicação entre os neurônios) criativas não acontecem automaticamente, precisam de um período de incubação.

     Agora de nada adianta ter muitos repertórios, ter momentos de incubação das ideias se alguma ação não for estimulada. Exemplos de atitudes que ajudam a criatividade aflorar: escrever, desenhar, pintar, filmar, fotografar, digitar, publicar, bloggar, anotar, compartilhar, arquivar, ensinar… Criatividade é diferente de inovação. Mas se mudarmos a atitude para CriarAtividade, vira sinônimo.

     Ninguém, nem nada neste mundo pode fazer uma pessoa subir a escada do sucesso. O mundo é feito de escolhas. Ser criativo é escolher fazer alguma coisa de maneira diferente. Reclamar, resmungar, retrucar, xingar, todo mundo faz. Mas perceba que a eficácia dessas atitudes é muito baixa. Thomas Edison disse que criatividade é 1% de inspiração e 99% de transpiração. Vamos CriarAtividades já!

Veja também uma apresentação sobre criatividade baseada neste texto no slideshare.net Acompanhe no twitter

Leandro Branquinho é vendedor, publicitário, instrutor de vendas e está exercitando sua criatividade

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved