Author: Leandro Branquinho

Top Palestrante de Vendas Autor do Rádio Vendas Colunista da Revista VendaMais Colaborador de Grandes Portais como Falando de Varejo e A Magia do Mundo dos Negócios Em 2016, viajou o país do Oiapoque ao Chuí em busca do Melhor Vendedor do Brasil
3abr

5 dicas infalíveis para vender mais


Como vender mais?

Esta é a pergunta que todo vendedor já se fez ao menos algumas vezes na vida.

Separei para você 5 dicas “infalíveis” para vender mais
Por que o “infalíveis” está dentro de aspas?

Porque não existe mágica, não existe milagre!
São os procedimentos, são as atitudes que você toma que te levam a ter sucesso em vender cada vez mais.
E com estas 5 dicas, aposto que você terá muito mais chances de conseguir mais vendas

dica número 1

Aproxime-se de seus clientes através das redes sociais


Ninguém bate meta ao postar textão no Facebook.
Ninguém bate meta por compartilhar piadas e memes na internet. Mas utilizar as redes sociais para se aproximar de seus clientes, é uma excelente forma de começar um relacionamento duradouro e lucrativo.

Entenda que redes sociais foram feitas para você se sociabilizar.
Se você utiliza o Facebook, Instagram, Whatsapp, Linkedin ou qualquer outra rede social só para fazer propaganda. Fique sabendo, muita gente te acha um chato.
Entenda que as pessoas compram de quem elas confiam, conhecem ou gostam.
Se você estiver presente nas redes sociais de forma agradável, terá mais chances de vender.

Minha sugestões são as seguintes:
-Curta e comente fotos que você mais gostar de seus clientes.
-Poste conteúdo educativo sobre o produto ou serviço que você vende
-Compartilhe depoimentos de clientes satisfeitos
-Mostre fotos dos bastidores de seu trabalho e quando for tentar vender alguma coisa,
-Utilize os grupos de compra e venda ou
-Chame seus clientes por mensagem e
-Jamais marque 40 pessoas em uma propaganda
(Caso atenda clientes corporativos, use o Linkedin como principal rede social).

Dica número 2
Estabeleça um horário fixo só para fazer prospecção

Pouquíssimos profissionais tem o hábito de separar um horário exclusivo para buscar novos clientes. A disciplina e a consistência de fazer o que precisa ser feito, pode trazer muito mais vendas.

Se você busca clientes através do telefone, separe um horário para fazer ligações.
Neste horário, feche o Whatsapp, feche o Facebook e se dedique exclusivamente ao telefone. Se você envia e-mails para buscar novos clientes, separe um horário só para esta atividade, sem distrações.

Não desista se nos primeiros dias não conseguir excelentes resultados.
Este é um trabalho de formiguinha.
É necessário ter dedicação, com hora marcada, dia após dia.
Uma pessoa que quer emagrecer se alimenta e se exercita com hora marcada.
Uma pessoa que quer se formar em uma faculdade, se dedica aos estudos com hora marcada.
Se você quer vender mais, tenha o compromisso de procurar por novos clientes todos os dias com hora marcada

Dica número trêsSepare um dia na semana para fazer pós-venda


Se você quiser vender mais, precisa ter clientes satisfeitos.
O que faz você ter sucesso em vendas é ter cada vez mais clientes.
Se você abandona os clientes que já compraram, você perde oportunidades de saber como pode melhorar o seu trabalho, perde oportunidades de corrigir problemas de uma venda mal feita e perde oportunidades de conseguir recomendações para atender novos clientes.
Fazer uma venda e não realizar o pós-venda é a mesma coisa que ganhar um prêmio e buscar só a metade.
Portanto, separe um dia na semana, ou separe um horário exclusivamente pra que você possa fazer pós-venda.
Pode ser através do Facebook, através do Whatsapp, através do telefone ou através de uma visita pessoal. Não importa qual ferramenta você vai escolher.
O que importa é entrar em contato com os clientes que já compraram para saber se eles estão satisfeitos, ou para saber se podem recomendar o seu trabalho, ou para saber das novidades de sua empresa.
dica número quatro

Aperfeiçoe suas perguntas

Vender carro, moto, consórcio, imóvel, serviços complexos  (ou qualquer outro produto de valor agregado mais alto) é um desafio muito grande para quem não sabe fazer perguntas. Jeffrey Gitomer, autor do livro A Bíblia das Vendas diz que:

“Você ganha ou perde uma venda em função das perguntas que você faz.”

Você precisa ter um repertório de perguntas. Para cada tipo de produto, é necessário fazer perguntas diferentes. Experimente fazer um seguinte: Pegue papel e caneta e faça uma lista de perguntas que você pode fazer para seus clientes.
Esta lista não deve funcionar para interrogar o seu cliente.
Serve para te dar uma base de como será a sua conversa. Se você entra em uma negociação sem saber o que perguntar, suas chances de vender são bem menores.
A lista de perguntas não é para você decorar e seguir um script decorado igual a maioria dos operadores de telemarketing. Ninguém gosta de conversar com gente que fala de forma robotizada. Ter uma lista de perguntas te dará uma base.
Mas lembre-se, é seu papel aperfeiçoar sua lista de perguntas para que a conversa com o cliente se torne natural.
Afinal de contas:
Você ganha ou perde uma venda em função das perguntas que você faz.

dica número 5
Perceba os sinais de compra

Tentar fechar a venda cedo demais é coisa de vendedor afobado.
Tentar fechar a venda tarde demais é coisa de vendedor distraído.
Não tentar fechar a venda é coisa de vendedor amador.

Quando o cliente está interessado, ele te dá vários sinais. Quando um cliente quer comprar uma roupa, ele experimenta no provador, depois volta para o balcão e fica olhando a roupa que ele já experimentou, claramente é um cliente que quer comprar aquela roupa.

Um cliente quando quer fechar negócio contigo, demonstra com alguns gestos. Por exemplo, imagine que você mostrou um folder ou o contrato para seu cliente. Depois de um tempo o cliente pega o folder (ou o contrato) pela segunda vez… Este é um claro sinal de que está na hora de partir para o fechamento da venda. Se o cliente não estiver interessado, ele não colocará a mão no papel pela segunda vez.

Um outro sinal que o cliente dá, é quando ele começa a fazer perguntas mais técnicas sobre seguro, sobre garantia ou sobre atraso no pagamento. Estar atento a estes sinais é fundamental para não perder o negócio.

Gostou das dicas?
Lembre-se de escrever um comentário ou compartilhar este post

Autor: Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas
Acesse também:

PARA ATRAIR E BUSCAR NOVOS CLIENTES, PRIMEIRO CONHEÇA SEU CLIENTE

 

 

8jan
homem arregaçando a manga

Aceito ou não a vaga em vendas?


Pergunta de um ouvinte:

Estou saindo da faculdade agora. Está difícil conseguir emprego em minha área. Acontece que apareceu uma oportunidade em vendas. O que você me diz? Trabalho em vendas até conseguir um emprego em minha área de formação ou continuo persistindo em busca daquilo que estudei?

via GIPHY

Sim, aceite a oportunidade em vendas. Mas preste atenção! Vender não é trabalho para qualquer um. É um trabalho difícil em que a pessoa tem que se acostumar a receber “nãos” e a aprender com cada cliente que atende.

Para aproveitar ainda mais a vaga de vendas, se dedique a aprender seguinte: como buscar novos clientes, como atender bem, como fazer pós-venda e aprenda sobre ferramentas que te aproximam de seus clientes. Você saiu de uma faculdade, mas terá que estudar muito para se tornar um bom vendedor. Se aceitar a vaga de vendas e se dedicar a ela, terá uma bagagem riquíssima para quando conseguir um emprego na sua área de formação. As dificuldades que enfrentar enquanto vendedor vão te preparar ainda mais para sua profissão. Um engenheiro, que sabe vender, tem mais clientes. Um advogado, que atende bem, tem mais clientes. Um médico, que sabe fazer pós-venda, tem mais clientes. Aposto que se você aprender agora sobre vendas terá mais clientes no futuro.


Olhe esta apresentação com 10 frases sobre atendimento

Um episódio que talvez possa te interessar é este abaixo:

Sem oportunidades? Crie


Também falei sobre este assunto aqui:

5jan
risada

Quando sua empresa atende mal, a concorrência dá risada

Durante muitos anos, fui cliente de uma empresa.
Eu pagava uma assinatura mensal de mais ou menos 150 reais. Nos últimos 5 meses, o serviço prestado caiu muito de qualidade. Após fazer 3 reclamações e não ter o serviço melhorado, decidi cancelar. Contratei uma outra empresa. E ao invés de 150 reais, nesta outra empresa o preço é ainda maior (Algo em torno de 200 reais). Assim que a empresa começou a prestar o serviço, aquela outra, que eu fui fiel durante muitos anos, decidiu me ligar. Eles pediram mil desculpas, disseram que melhorariam o serviço e agora, ao invés de 150 reais, eu teria o mesmo serviço por 59 reais.

via GIPHY

Praticamente um terço do preço cobrando de mim durante muitos anos. Tive uma mistura de sensações.
Primeiro me senti um idiota por pagar caro durante tanto tempo por um serviço ruim.
Depois fiquei com raiva.

via GIPHY

Afinal de contas esta empresa só se preocupa com um cliente depois que ele já foi para concorrência. Imagine se todos os clientes decidirem cancelar. Será que esta empresa faria esta mesma proposta? Provavelmente ela quebraria. A concorrência dá risada quando sua equipe não cuida de seus clientes.
Para não perder clientes, é necessário prestar um bom serviço, ouvi-los e constantemente avaliar o grau de satisfação. Caso contrário só vendendo muito, mas muito mais barato que seus concorrentes.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

Veja também uma apresentação que fiz com 10 frases sobre pós-venda.

Talvez você se interesse por este episódio também:
http://radiovendas.com.br/para-atender-bem/

4jan
tímida

Tenho timidez e quero vender mais

Ouça este episódio do Rádio Vendas clicando no link acima

Pergunta de um ouvinte:

Branquinho, tenho uma timidez que me atrapalha muito e gostaria de ter mais segurança. Mas tenho medo das pessoas acharem que eu quero enganá-las. Você me ajuda?

Pra responder esta pergunta, vou partir do princípio que você é uma pessoa honesta, que o produto que você vende é bom e resolve algum tipo de problema das pessoas.
Vamos lá. Para ter mais segurança é necessário conhecer muito bem o produto que você vende. É necessário estudar como os clientes utilizam, que tipo de dor este produto soluciona. Descubra a composição, descubra quais clientes já estão utilizando, descubra quais clientes estão muito satisfeitos com a compra. Ao fazer este dever de casa, você automaticamente terá mais informação e muito mais segurança para vender. Ter segurança te ajuda a ter menos timidez. Muitas vezes a timidez é apenas uma desculpa por não ter feito corretamente o seu dever de casa. Vendedores tímidos morrem de fome.
Teve uma frase que você falou que me deixou um pouco preocupado. Você não quer que as pessoas achem que vai enganá-las. É simples. Não as engane. Vender não tem nada a ver com enganar as pessoas. Quem engana não é vendedor é picareta.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

Vendedores tímidos morrem de fome! Ouça o podcast em http://radiovendas.com.br

Uma publicação compartilhada por Palestrante Leandro Branquinho (@radiovendas) em

Comecei a postar frases no Stories do Facebook, Instagram e Whatsapp.

imagem com frase

frase de vendas – Leandro Branquinho

Quer receber mais frases pelo Whatsapp? Adicione aos seus contatos o número (35)98838-1988 e mande uma mensagem dizendo seu nome e a cidade onde mora.

Como acredito que enganar o cliente não tem nada a ver com vendas, veja também um vídeo que fiz no ano passado falando sobre a Black Friday x Black Fraude

Já ouviu o episódio sobre atendimento?
http://radiovendas.com.br/para-atender-bem/

2jan
ano novo

Feliz atitudes novas


Olá, eu sou Leandro Branquinho e sou especialista em vendas.
Feliz ano novo!
Quantas vezes você já ouviu esta expressão?
Se tem muitos amigos, aposto que já ouviu diversas vezes.
Quando alguém te deseja feliz ano novo, no mínimo a pessoa está te mandando vibrações positivas.
Com energia positiva e com entusiasmo, você começa o ano com o pé direito
Comemorar a chegada do ano novo é algo incrível!
E para seu ano se tornar incrível, é necessário mais do que energia positiva e entusiasmo.
É preciso ação!
É necessário tomar algumas atitudes para fazer com que o ano novo seja melhor do que o ano que passou.
Você pode, por exemplo, fazer uma lista de coisas que quer fazer melhor no ano que começa
ou então, uma lista de coisas que você pretende deixar de fazer.
Colocar no papel te ajuda a lembrar daquilo que realmente importa e faz sentido pra você
Mas como eu disse, é preciso ter ação é preciso tomar atitude!
Portanto, feliz ano novo e feliz escolha de atitudes que você vai tomar!

🙂

Recentemente gravei um vídeo falando sobre uma atitude que você ter:

Aliás, são dois vídeos.
Veja este também:

O Rádio Vendas também está no Instagram:

Olá, eu sou Leandro Branquinho e sou especialista em vendas. Feliz ano novo! Quantas vezes você já ouviu esta expressão? Se tem muitos amigos, aposto que já ouviu diversas vezes. Quando alguém te deseja feliz ano novo, no mínimo a pessoa está te mandando vibrações positivas. Com energia positiva e com entusiasmo, você começa o ano com o pé direito. Comemorar a chegada do ano novo é algo incrível! E para seu ano se tornar incrível, é necessário mais do que energia positiva e entusiasmo. É preciso ação! É necessário tomar algumas atitudes para fazer com que o ano novo seja melhor do que o ano que passou. Você pode, por exemplo, fazer uma lista de coisas que quer fazer melhor no ano que começa ou então, uma lista de coisas que você pretende deixar de fazer. Colocar no papel te ajuda a lembrar daquilo que realmente importa e faz sentido pra você. Mas como eu disse, é preciso ter ação é preciso tomar atitude! Portanto, feliz ano novo e feliz escolha de atitudes que você vai tomar! (Quer ouvir o áudio deste episódio? Acesse www.radiovendas.com.br ) Leandro Branquinho Palestrante de Vendas http://leandrobranquinho.com.br #vendas #vendedor #vender #euamovender #botapraquebrar #leandrobranquinho #palestrante #palestrantedevendas #empreender #empreendedor #foco #força #fé #boravender #empreendedorismo #atitude #felizanonovo #feliz2018

Uma publicação compartilhada por Palestrante Leandro Branquinho (@radiovendas) em

Para contratar uma palestra, acesse o site oficial
Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

16out

Chato não é ser persistente

Tem coisa mais chata do que perder clientes para a concorrência?
Muitas pessoas confundem ser persistente com ser insistente.

Ouça abaixo o episódio do Rádio Vendas de hoje:

Receber um “não” de um cliente nunca foi agradável.
Perder uma venda para um concorrente pode muitas vezes ser algo amargo.
Porém, você não é derrotado quando perde uma venda. Você é derrotado quando desiste de procurar novos clientes.
A persistência sempre foi uma característica de grandes vendedores. Infelizmente, persistência é confundida com insistência. Insistir demais é algo para pessoas chatas e inconvenientes. Mas persistir um pouquinho pode fazer muita diferença nas vendas e na satisfação do cliente.
Se um garçom persiste um pouquinho ao oferecer uma sobremesa, a lucratividade do restaurante aumenta e o cliente passa a ter uma experiência mais agradável.
Se um corretor de imóveis persiste mais um pouquinho, pode agilizar a realização de um sonho de uma família.
Se uma vendedora de loja persiste mais um pouquinho, a cliente pode se decidir por levar duas roupas ao invés de uma só. Consequentemente, a cliente terá mais opções para o dia-a-dia.
Se um vendedor de equipamentos de segurança persiste mais um pouquinho, pode evitar que o funcionário da firma do cliente se machuque em um acidente de trabalho.
Portanto, persistir não é atitude de gente chata. Chato é perder a venda. Chato é deixar um cliente insatisfeito. Chato é saber que o concorrente teve mais atitude que você.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

Frases de Vendas

Recentemente, comecei uma nova série de frases no Instagram.

gráfico e texto

Chato não é persistir – Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

Voltar a página inicial

13out

O Natal será melhor neste ano

Todas as previsões mostram que o natal deste ano será melhor do que o do ano passado.
Matéria da revista Isto É tem o seguinte título: O Melhor natal em 4 anos.
A CNC – Confederação Nacional de Bens e Serviços prevê aumento nas vendas e aumento na contratação de temporários.
De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, a produção industrial já aumentou em relação ao ano passado. O setor de vestuário já cresceu 6,5% sendo que no ano passado teve queda de 1,1%
Sem contar que a liberação de 15,9 bilhoes de reais de contas inativas do Pis/Pasep podem também aumentar, e muito, o movimento no varejo.
As chances do papai noel ser mais gordo este ano são muito maiores.
Mas não se engane! Todas estas previsões são positivas e melhoram o clima para o mundo das vendas. Porém, aqueles que não fizerem o dever de casa, aqueles que não fazem o básico bem feito, perderão espaço para os concorrentes. Portanto, faça sua parte, invista em treinamento, invista na sua vitrine e invista em bons produtos.  Agora se você não fizer a sua parte, torça, mas torça muito para o papai noel te visitar. Mas ficar quem fica só na torcida também pode receber visitas de outros seres imaginários como o saci Pererê, o curipira e a mula sem cabeça

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

Fonte: IstoÉ

 

Matéria da revista Isto É tem o seguinte título: O Melhor natal em 4 anos. A CNC – Confederação Nacional de Bens e Serviços prevê aumento nas vendas e aumento na contratação de temporários. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, a produção industrial já aumentou em relação ao ano passado. O setor de vestuário já cresceu 6,5% sendo que no ano passado teve queda de 1,1% Sem contar que a liberação de 15,9 bilhoes de reais de contas inativas do Pis/Pasep podem também aumentar, e muito, o movimento no varejo. Veja minha análise em radiovendas.com.br Leandro Branquinho Palestrante de Vendas Siga @leandrobranquinho http://leandrobranquinho.com.br #vendas #natal #varejo #vendedor #empreender #empreendedorismo #natal #dinheiro #comércio #palestrante #palestrantedevendas #euamovender #leandrobranquinho #amovender

Uma publicação compartilhada por Leandro Branquinho (@radiovendas) em

14ago

Para atender bem


Clique no botão de play para ouvir o episódio

Qual nota você dá para o atendimento das lojas em sua cidade?
Se você fizer esta pesquisa em qualquer cidade do Brasil, aposto que o resultado será o mesmo. O resultado será de nota 7 para baixo. Porém, se você fizer a mesma pergunta para os atendentes. Qual nota você dá para o seu atendimento. Aposto que será de nota 8 para cima. Eu já experimentei fazer esta pesquisa em alguns lugares. E pode acreditar. A maioria das pessoas quando é perguntada sobre o atendimento que ela presta, tem a tendência de dar uma nota boa. E a maioria das pessoas quando é perguntada sobre o atendimento de outras pessoas, tem a tendência de dar nota baixa. Depois de muitos anos trabalhando como especialista em atendimento e vendas e cheguei a seguinte conclusão.
De uma maneira geral, as pessoas se acham simpáticas. E de uma maneira geral, as pessoas acham que para atender bem, basta ter simpatia.
E este é um grande erro. Ter simpatia é ser amigável, agradável, educado, cordial e demonstrar gentileza. O problema é que é extremamente difícil ser simpático o tempo todo. Sim, simpatia é importante para um bom atendimento. Mas ara atender bem, Empatia é melhor do que Simpatia. Empatia é algo muito mais poderoso do que simpatia. Empatia é saber se colocar no lugar do outro. Empatia é prestar atenção no que o cliente diz. Empatia é ter a consciência de que quem atende o público só está ali porque tem o público. Sem um cliente, não existe a necessidade de um atendente. Portanto, sempre que possível, tente ser uma pessoa simpática. Mas lembre-se que o tempo todo, o que você realmente precisa é ter empatia.
Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas

7ago
trabalho em equipe

Competição em Vendas


Aperte o botão de play para ouvir

É natural que em uma equipe de vendas tenha competição.
Vendedor, de uma maneira geral, gosta de competir.
Vendedor de uma maneira geral gosta de receber reconhecimento por ter atingido uma meta difícil.
A vida de um vendedor é uma competição constante.
À propósito, a melhor competição que existe é aquela em que o maior adversário é a gente mesmo.
Não tem nada mais gratificante do bater seus próprios recordes.
O problema da competição é quando as pessoas decidem que para um ganhar o outro tem que perder. Em uma equipe de vendas, este tipo de mentalidade, é extremamente tóxica.
Você que está lendo esta postagem, provavelmente já entrou em uma loja onde os vendedores brigaram para ver de quem era a vez de atender. Um exemplo prático de uma competição que só prejudica os envolvidos. Inclusive o cliente que não se sente à vontade para comprar neste tipo de estabelecimento.
Para alcançar alta performance em vendas é preciso estipular suas próprias metas e se  esforçar para ser o melhor vendedor que você pode ser.
Não tem nada de errado em querer ser o número 1.
O errado está em querer derrubar um colega de trabalho para que você possa subir.
Não é necessário apagar a luz do outro para que a nossa brilhe.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas
Você também pode acompanhar o Rádio Vendas no Youtube:

A vida de um vendedor é uma competição constante. A propósito, a melhor competição que existe é aquela em que o maior adversário é a gente mesmo. Não tem nada mais gratificante do bater seus próprios recordes. O problema da competição é quando as pessoas decidem que para um ganhar o outro tem que perder. Em uma equipe de vendas, este tipo de mentalidade, é extremamente tóxica. Ouça (ou leia) o texto completo em radiovendas.com.br Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas http://leandrobranquinho.com.br #vendas #vendedor #competição #frase #vender #euamovender #boravender #leandrobranquinho #palestrantedevendas #palestrante #rh #equipe #atendimento #empreender #empreendedorismo #empreendedor #equipe

Uma publicação compartilhada por Leandro Branquinho (@radiovendas) em

2ago
palestrante em auditório

Para atrair e buscar novos clientes, primeiro conheça seu cliente

Clique no player abaixo para escutar:

Como conseguir mais clientes
Basicamente são 2 formas de conseguir clientes.
Ou você busca por eles ou você atrai.
Para atrair, você pode fazer propaganda no rádio, jornal e na tv, você pode investir na sua fachada, contratar uma assessoria de imprensa, anunciar em redes sociais, produzir artigos e vídeos mostrando como seu produto ou serviço ajuda os clientes, ter um site ou blog que  seja facilmente encontrado pelo google. Você também pode fazer promoção de vendas e participar de feiras.
Agora para buscar novos clientes, você pode fazer visitas pessoais, abordar as pessoas na porta de sua empresa, telefonar para clientes potenciais, utilizar as redes sociais para se relacionar com possíveis clientes, pedir indicação de novos clientes para os clientes satisfeitos, enviar e-mail com proposta, enviar mala direta.
Enfim, são muitas ferramentas disponíveis para você trabalhar a busca e a atração de clientes.
Mas antes de sair usando estas ferramentas, é necessário algo básico. É necessário ter bem claro que é o seu cliente. Se você acha que todas as pessoas de sua cidade são suas clientes, você está redondamente enganado. Não existe produto ou serviço que sirva para todas as pessoas do mundo. O primeiro passo para buscar ou atrair clientes, é ter uma noção clara de quem são seus clientes. Coloque no papel. A maioria é do sexo feminino ou masculino? A maioria é jovem, adulta ou idosa? A maioria mora em qual bairro? A maioria gosta de fazer quais programas? Somente quando você tem bem claro quem é o seu cliente, você passa a ter mais chances de bons resultados utilizando as ferramentas corretas

Leandro Branquinho – Palestrante

 

Não! Você não consegue aumentar suas vendas pelo Facebook, Whatsapp e Instagram sendo um chato. O que faz você vender não são as ferramentas, mas como você as utiliza. Se você marca um monte de gente nos anúncios, se você faz propaganda o tempo inteiro… Pode acreditar, você mais incomoda do que conquista seus clientes. Estabeleça um relacionamento com seus clientes, conte a história do produto ou serviço que vc vende, mostre como utilizar o que você vende, poste conteúdo relevante… Destas formas, vc consegue conquistar a confiança de seus clientes. Bota pra quebrar! Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas http://leandrobranquinho.com.br #botapraquebrar #euamovender #vendas #vendedor #leandrobranquinho #palestrante #palestrantedevendas #empreender #empreendedorismo #administração #administradores #redessociais #prospecção

Uma publicação compartilhada por Leandro Branquinho (@radiovendas) em

31jul

Como ser contratado como Instrutor de vendas


Para ouvir, clique no player acima.

Pergunta de um ouvinte:
“Trabalho em uma grande rede de varejo e estou concorrendo a uma vaga interna na minha empresa. É uma vaga para instrutor de treinamento da minha região. Como posso me destacar sobre os demais concorrentes? ”
Vamos lá. Para você se destacar, você basicamente tem 2 caminhos.
Caminho nº1: Você segue o manual à risca. Ou seja, pegue o manual de treinamento da empresa e decore cada frase e cada vírgula. Estude o que é feito na empresa e seja o maior especialista nas normas e procedimentos de sua empresa. Para se destacar neste caminho você realmente precisa estudar mais do que todo mundo para ensinar o que precisa ser ensinado.
Caminho nº2: Você deve ser diferente. Ao aplicar os treinamentos você pode escolher transmitir o conhecimento de uma maneira não usual. Você pode estudar sobre dinâmicas de grupo, sobre criatividade e desenvolver, maneiras pouco convencionais e divertidas para ensinar o que a equipe precisa aprender.
Portanto, para se destacar de seus concorrentes, escolha um destes 2 caminhos.
nº1 – Seja o maior especialista em conhecimento técnico ou
nº2 – Seja o mais criativo ao transmitir seus conhecimentos.
Lembre-se que você nunca irá se destacar se escolher ser mais ou menos uma coisa ou mais ou menos outra. Em um mundo em que precisamos de profissionais nota 10, já tem gente demais nota 7.

 

Assista também no Youtube:

27jul
imagem divulgação do palestrante

Sim, a aparência pode fazer muita diferença


Clique no player acima para ouvir o episódio de hoje 🙂

Você acha que a sua aparência pode influenciar os seus clientes?
Você acredita que estar bem vestido pode afetar diretamente a satisfação de seus clientes?
Pode acreditar que sim.
Lee Cockerel ex-vice presidente da Disney fala o seguinte:
“Em mundo perfeito, a sua aparência, as suas roupas ou até o seu estilo de cabelo não afetariam o que os clientes pensam de você. Mas o mundo está longe de ser perfeito e a verdade é que as pessoas formam uma opinião sobre você já nos primeiros segundos de interação.”
É claro que em uma empresa que vende moda jovem, você não deve se vestir de terno e gravata. Assim como em uma joalheria, não é aconselhável vestir camiseta regata e sandálias.
Se você quer ser visto de maneira profissional, sua aparência e sua atitude devem ser congruentes. Pois veja bem, não é só a roupa e cuidados com a higiene pessoal. A maneira como você fala, a maneira como você se comporta também diz muito sobre a sua empresa. Pelo menos, na cabeça dos seus clientes é assim que as coisas funcionam.
Se você usa roupa social e fala muitas gírias e anda gingando o corpo, pode ter certeza que as pessoas vão julgar esta incongruência.
Portanto, cuide da sua aparência, cuide de suas roupas. Mas lembre-se que boa aparência não é sinônimo de roupas de marca. E lembre-se também daquela frase de um autor anônimo:
Chique é ser feliz; elegante é ser honesto, bonito é ser caridoso e charmoso é ter gratidão. O resto é inversão de valores.

Leandro Branquinho – Palestrante de Vendas
Postagem feita no Instagram: https://www.instagram.com/p/BXELkgBFv29/?taken-by=radiovendas

Postagem feita no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=zqCmdTKL_ak

Frase motivacional

chique é ser feliz

 

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved