25mar

A fábula da carpintaria

Dizem que na carpintaria aconteceu uma reunião esquisita.
As ferramentas se encontraram para tirar as suas diferenças:

Martelo: Disseram que ele teria que renunciar. Sabe por quê? Ele fazia muito barulho. E a maior parte do tempo, golpeava com agressividade.

Parafuso: Também deveria ser expulso. Disseram que ele sempre dava muitas voltas para chegar ao ponto.

Lixa: Exigiram que também saísse. Afinal de contas era muito áspera em seu tratamento e todas as vezes que alguém chegava perto era atrito na certa.

Metro: Concordaram que também não poderia ficar. O metro ficava medindo os demais segundo sua medida, como se fosse o único perfeito.

Enfim, cada um até concordava que tinha defeito, mas também exigia que o outro saísse.

Pois é. A reunião não ia bem, quando de repente, surge o Marceneiro.
Ele colocou o avental e iniciou o trabalho.
Utilizou o martelo, a lixa, o metro e o parafuso. Finalmente, a grossa madeira inicial se transformou em um lindo móvel.

Quando o Marceneiro deixou a carpintaria, a reunião recomeçou. Disse o serrote que era o mais sábio:
“Senhores, todos nós temos defeitos. Porém, o carpinteiro trabalha com nossas qualidades. Isto é o que nos faz valiosos. Assim, vamos superar nossos pontos negativos e nos concentrarmos na utilidade de nossos pontos positivos.

Todos concluíram então que o martelo era forte, o parafuso unia e dava força, a lixa era especial para afinar e limar a aspereza, e observavam que o metro era preciso e exato.

Sentiram-se então uma equipe especial.

Porque sabiam como ninguém produzir móveis de qualidade.

Leandro Branquinho

Compartilhe no Facebook

Share this Story

About Leandro Branquinho

Top Palestrante de Vendas Autor do Rádio Vendas Colunista da Revista VendaMais Colaborador de Grandes Portais como Falando de Varejo e A Magia do Mundo dos Negócios Em 2016, viajou o país do Oiapoque ao Chuí em busca do Melhor Vendedor do Brasil

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

© Leandro Branquinho 2017, All Rights Reserved